GENTE FAZENDO A DIFERENÇA

Na edição anterior, o FLAMATEC foi bem além do que havíamos programado e foi necessário criar uma área para divulgação dos inúmeros trabalhos, voluntários, que chegaram até nós.

Com o III FLAMATEC não foi diferente, por isso criamos dentro dessa área de “Divulgação Amiga”, um espaço para compartilhar iniciativas, projetos realizados por pessoas comprometidas com o ideal de um mundo melhor. Que, assim como nós, fazem a diferença por onde passam…

O CIEMH Núcleo Cultural

O CIEMH Núcleo Cultural, anteriormente nomeado como Centro Integrado de Estudos do Movimento Hip Hop, é uma associação sócio-cultural de utilidade pública, sem fins lucrativos, sediada em Macaé/RJ, conveniada como Ponto de Cultura em 2009. A instituição foi criada com o objetivo de abrir espaço e facilitar a participação efetiva de crianças, adolescentes, jovens e adultos nas questões sociais da comunidade e do mundo. Concretizando-se por meio de ações sócio-culturais que possibilitam a construção de novos saberes, a troca de aprendizados, de informações, desenvolvendo habilidades, a busca de um trabalho, a realização profissional e/ou pessoal. Enfim, um espaço que possibilita viver plenamente e atuar efetivamente na transformação social. Mais informações:

Oficina de Percussão realizada pela ONG Atitude Social

Oficina de Percussão realizada pela ONG Atitude Social entre os meses de Janeiro e Março de 2021 na Casa de Cultura Dedé com recursos da Lei Aldir Blanc. Mais uma ação social na comunidade do Santa Marta pelo Ponto de Cultura Aos Pés do Santa Marta. 

Apresentação e mediação: Victor Meirelles – Artista, Arte Educador e ativista cultural

Apresentação e mediação: Victor Meirelles – Artista, Arte Educador e ativista cultural, com atuação internacional, formado em arte educação pela Escola do Olhar – MAR , Licenciado em Letras pela UNESA, estudou Teatro na CAL, UCB, FETAERJ, é integrante do Projeto Renato Prieto de Teatro e da Universidade das Quebradas da UFRJ, Palestrante e Escritor, com atuação no SESC, SENAC, SESI e em projetos de impacto social em escolas, instituições de educação e arte em todo Brasil. É fundador da Arte faz Parte Produções em Arte Educação Negócio de impacto social, está atualmente como professor de teatro no Instituto Corpo Tátil e voluntário no Coral Uma Só Voz.

Instituto Casa Comum

O Instituto Casa Comum, em parceria com a Associação Brasileira de Rádios Comunitárias, disponibiliza conteúdos de podcasts em formato MP3, com cortes e intervalos, prontinhos para serem utilizados na sua programação. E tudo isso de forma gratuita! Para ter acesso a essa plataforma é muito fácil. Clique neste link e se cadastre na Rede Pontos de Difusão: https://institutocasacomum.org/ponto-… Depois é só selecionar os conteúdos que você deseja fazer o download.

Grêmio Musical Paquequer e o Ponto de Cultura Música na Serra de Teresópolis

O Grêmio Musical Paquequer e o Ponto de Cultura Música na Serra de Teresópolis apresentam neste canal oficinas, palestras, shows de talentos e muitas informações culturais. Divulgando novos artistas, trabalhos artísticos e eventos que acontecem em nossa sede e também Teresopolis.

Rádio Capoeira

Fundada no dia 13 de outubro de 2012, a Rádio Capoeira tem como missão dar maior visibilidade aos trabalhos realizados pelos(as) capoeiristas e as demais culturas africanas e afro-brasileiras no Brasil e no mundo. Desde 2012 a Rádio Capoeira vem divulgando músicas, realizando lançamento de livros, CD’s e DVD’s e apoiando na divulgação de diversos eventos de Capoeira pelo Brasil e pelo mundo.  

Projeto Traços&Cores realizando o Mural de Paraibuna/Mont’Serrat

Seis meses de trabalho ininterrupto, grandes talentos, parceria e alegria. O Mural de Mont’Serrat / Paraibuna foi entregue oficialmente à comunidade pela Ação Animatógrapho no dia 24 de outubro de 2022, com coquetel, entrega de certificados e a exibição do vídeo do projeto. O Mural expressa com arte o legado histórico e social de Levy Gasparian na História do Brasil. Esse vídeo mostra todo o processo de realização do projeto, desde os primeiros movimentos, em maio de 2022, até sua finalização em outubro.

COORDENAÇÃO TÉCNICA E ARTÍSTICA

Flávio Cândido 

MESTRE DE ARTES PLÁSTICAS E LAYOUT INICIAL 

Antônio Machado 

MESTRE DE GRAFFITI

Alexandre Kdoum 

ARTISTAS&PINTORES 

Fábio Igor 

Jorge Dip 

Jorge Balbino 

Lídia Neves 

ARTISTA CONVIDADO 

Pether Medeiros

ARTISTAS ASSISTENTES

Jardel Ferreira de Souza 

Talita Ribeiro Pires

Márcia Victória Alves de Souza 

Carlos Henrique de Paula

Yuri Ferreira Santos 

HISTORIADORES 

Aníbal Magalhães 

José Roberto Vasconcelos

Neneco Santana 

COSMOGONIA DIGITAL 

Marcelo Paes de Carvalho

Helena Cândido 

ESTAGIÁRIOS DE PRODUÇÃO 

Yuri Ferreira Santos

Paulo Victor Marques Moreira

Carlos Henrique de Paula 

Jardel Ferreira de Souza

Márcia Victória Alves de Souza 

Talita Ribeiro Pires 

LOGO e PROGRAMAÇÃO VISUAL

Helena Cândido

IMAGENS INSPIRADORAS E MODELOS

QUADROS 

Johann Moritz Rugendas • Jean-Baptiste Debret • Oscar Pereira da Silva • Simplício de Sá • João Maximiano Mafra 

FOTOGRAFIAS Revert Henry Klumb • Emílio Biel • Laura Caputo • Alessandra Rezende • Flávio Cândido • Neneco Santana • Aníbal Magalhães • Marcelo Ribeiro

IMAGENS DO VÍDEO 

Yuri Ferreira Santos

Paulo Victor Marques Moreira 

Jardel Ferreira de Souza 

Talita Ribeiro Pires 

Fábio Igor 

EDIÇÃO DO VÍDEO 

Flávio Cândido

TRILHA MUSICAL

I’m Down – Marvio Ciribelli & Flávio Cândido 

Dance Motel – FFGrooves (AJB) 

REALIZAÇÃO 

Ação Animatógrapho 

FOMENTO

Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa 

Fundo Estadual de Cultura

APOIO 

Prefeitura de Levy Gasparian 

Secretaria Municipal de Turismo e Cultura 

PARCERIAS 

Secretaria Municipal de Educação 

Escola Municipal São João Batista 

Colégio Estadual Coronel Antônio Peçanha

Grupo Mil (Construmil) 

Povo de Mont’Serrat (Paraibuna)

Vídeo Oficial ” Vídeos daqui Vídeos de lá. Tem uma brincadeira para me mostrar?

Fomentar a dimensão do livre brincar como uma linguagem, como uma forma de explorar, conhecer e ensinar sobre o mundo: esse é objetivo do projeto “Poéticas Brincantes” – contemplado pela Lei Aldir Blanc-que está em fase de finalização. O brincar livremente é uma concepção que surge da brincadeira como prática da autonomia e da liberdade infantil, do corpo e da imaginação. É aquele brincar que começa na e pela criança, é ela quem dita o ritmo, o tempo e o enredo. “Você está brincando de quê?” é a proposta da ECOAR para disseminar a ideia de brincadeira como uma oportunidade de descobrir e desbravar, de comunicar e sentir, de aprender e ensinar, de dar e receber. Recebemos vídeos de crianças de todo o Brasil, registrando modos e sentidos diferentes do livre brincar. Desta forma, trocamos brincadeiras, novas experimentações lúdicas e conectamos os quatro cantos do país a partir do brincar.

MENINAS NEGRAS – Um bate papo com a estudante de direito Myrian Cristovão!

No início de 2022 fui uma das contempladas no Edital Cultura Presente nas Redes 2, da Secretária de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, a SECECRJ. Uma oportunidade incrível de incentivar através da minha trajetória. Incrível e super difícil também rsrs. Foram meses de pura aflição e nervosismo, buscando a melhor forma de chegar ao coração das Meninas que gostaria de incentivar.

Mas chegamos a um bom resultado. Gracy Klem, minha amiga e diretora responsável por esse vídeo operou milagres. Foram muitas as contribuições e incentivos para que eu pudesse finalizar o Projeto, por todas elas, sou muito grata.

Conheça mais a Cia 2 Banquinhos

Cia 2 Banquinhos é uma companhia de artes de rua e palhaçaria, criada em 2008, que investiga de forma sensível o jogo cênico em espaços públicos. Busca a construção de uma sociedade mais humana, tornando-a mais sensível, principalmente através do riso, aceitando as diferenças a começar por si mesmo e disseminando uma consciência de respeito por todas as vidas.   

Como Viva Zona Oeste trabalhamos com a missão de identificar, gerar visibilidade e oportunidades de capacitação e sustentabilidade de forma colaborativa para o desenvolvimento da cidadania plena e direito à cidade de, para e com agentes periféricos.

Oficina Restar

Os Dois Companhia e Coletivo Objetos em Redes apresentam Oficina Restar, com a participação da Bateria do Instituto TIM e os alunos da Escola Municipal Soares Pereira e Escola Municipal Laudímia Trotta. RESTAR recebeu o apoio do FOCA, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura, parceria com o Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro e da Biblioteca Parque Estadual para apresentações em diversas Lonas e Arenas Culturais, que renderam o convite do Centro da Música Carioca Arthur da Távola e Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro para participar do CORTEJO RIO MARACANÃ VIVO EM DANÇA E MÚSICA.Vídeo: Luiz Guilherme Guerreiro @PaulistaFilmes

PARECE UM SONHO (Clipe da Música)

O Espaço Cultural e Instituto Tocando em Você lançam no dia 07 de abril de 2021 o clipe da Música Parece um Sonho tema do filme Novos Tempos em sintonia com o Ano Internacional da Saúde e dos Cuidadores, decretado pela OMS (Organização Mundial de Saúde). O filme Novos Tempos tem estética de cine teatro com participação especial de Marcos Frota, Izabela Bicalho e da Cia Inclusiva Tocando em Você contando com subsídio do Prêmio Culturas Populares 2019 – Homenagem a Teixeirinha, concedido ao Instituto Tocando em Você por sua produção artística, cultural, educacional e terapêutica.

A obra dá voz aos questionamentos, reflexões e desejos vivenciados por todos nós desde o início da Pandemia de Covid-19. 2021 é um ano de aprendizados dolorosos, mas de avanços, afinal, o mundo começa a entender a importância dos profissionais da saúde e do cuidado (enfermeiros, médicos, cuidadores, terapeutas, educadores e artistas).

 A música PARECE UM SONHO é de autoria (letra e música) de Simone Colucci e Vitor Cortez. Com arranjo, produção musical, edição e mixagem de Vitor Cortez apresenta trabalho cuidadoso com a interpretação da cantora Jenni Rocha, com a guitarra de Daniel Drummond, o baixo de Raphael Medeiros e a bateria de Mateus Viana.

Assina o Filme “Novos Tempos” uma ficha técnica experiente em multilinguagens, tais como: concepção e texto de Simone Colucci, direção cênica de Júlio Wenceslau, vídeo de Phillip Jonhston, direção artística -terapêutica de Regina Lúcia Colucci e a trilha sonora de Vitor Cortez. Confira a íntegra da ficha ténica no filme. 

No elenco do Filme, a Cia. Inclusiva de Artes Tocando em Você formada por artistas-terapeutas e alunos-pacientes do Centro de Terapias Integradas do Espaço Cultural Tocando em Você em co-produção com o Ponto de Cultura Tocando Rio, do Instituto Tocando em Você.

Vale a pena conferir!

MINHA CASA EH A SUA CASA

Jorge Casagrande é o idealizador do Instituto de Bateristas Jorge Casagrande. Professor e palestrante com mais de 35 anos de carreira, realiza atividades direcionadas à formação e potencialização de seus alunos.

É com muita felicidade que o Ecomuseu Rural compartilha o livro “Fotografias que Contam Histórias: Saberes e Fazeres da Agricultura Familiar” que valoriza o importante papel da agricultura familiar na garantia do direito à alimentação através de fotografias que contam a história de famílias produtoras de alimentos e que valorizam a cultura das comunidades rurais, envolvendo os municípios de Bom Jardim, Trajano de Moraes e Nova Friburgo, localizados na região serrana do estado do Rio de Janeiro, onde concentra a maior parte da produção agrícola e que possui diversas experiências de arranjos locais voltados para a preservação ambiental e para um turismo sustentável.

O livro também tem uma versão online que pode ser acessada através da página:https://ecomuseurural.wixsite.com/fotografias-que-cont

Ponto de Cultura AMAB

Associação dos Amigos do América na Baixada Fluminense desde 2003 pelo edital do Ministério da Cultura com atuação no municipio de Mesquita/RJ. Esta foto foi tirada no dia do aniversário da radialista Mary Monteiro, 29/10/2022, no encerramento do programa de rádio América no Coração da Baixada no estúdio da rádio tropical em Nova Iguaçu/RJ, onde por 18 anos aconteceu, todos os sabados, das 17h às 18h, o que há de melhor na cultura popular sob a direção da radialista Mary Monteiro e Kleber Moreyra nas produções externas e também atuando nos quadros das artes cênicas e comentarista esportivo de futebol. Tendo como colaboradores: Nos quadros de Literatura – Liryan Tabosa; Dicionarista – Wagner Azevedo; Educação Fora da Caixa – Prof. Ariele Rodrigues; Samba – Robson Batalha; Meio Ambiente – Ambientalistas Carol Le Lacher e Alex Vieira; Curiosidades – Ivan Macedo. Espaço aberto para receber e dar oportunidades a todos sem mídias. Arte e Cultura é o nosso lema.

Crianças criando!!!

O Cultura na Cesta é um projeto social fruto de uma organização não governamental (ONG). Criado em agosto de 2005, une o basquete com educação e cultura, atendendo aproximadamente 70 crianças de 7 a 16 anos por semana no Cesarão e em Seropédica. Desde 2009, o projeto incluiu o “Ponto da Palavra”, que ajuda alunos com leituras e poesias.

PLANETA EXPRESSÃO – OLHA A ÁGUA ! – (Ep.4)

Planeta Expressão é uma obra composta de poesias escritas e interpretadas por Glaucio Venus, um artista independente e morador da cidade de São Gonçalo.  

A websérie mostra em diferentes cenários urbanos, textos poéticos, dividido em 5 episódios. Venus aborda variados assuntos e experiências adquiridas ao longo de sua trajetória. 

São músicas recitadas, que falam sobre a cultura brasileira, adversidades cotidianas, política entre outros… com a produção de TAKE-S, direção e roteiro Jonnathan Smith e fotografia Sob_visão.

Oficina de construção de instrumentos musicais com matetial reutilizável-Pau de chuva.

Oficina II de construção de instrumentos musicais com material reutilizável-CHOCALHO-Por Gracy Klem.

São Cristóvão é um bairro histórico do Rio de Janeiro. Situado na zona norte, esse lugar representa uma grande parcela dos acontecimentos marcantes para o desenvolvimento da nossa cidade.

Os moradores de São Cristóvão decidiram resgatar essa história e tomaram uma iniciativa muito interessante. Eles criaram um projeto colaborativo que visa aumentar a interação social através de uma feira cultural.

O idealizador do evento conhecido como Almeida, é conselheiro tutelar regional e incentiva os moradores a participarem desse encontro. Vários banners estão espalhados pela calçada trazendo poesias, trechos de leis de contra violência doméstica, imagens que nos ajudam a refletir sobre o respeito e que todos podemos ter perspectivas diferentes ao observa-las.

Esse evento traz ainda exposições de fotos do bairro antigo, quando a praia do Caju chegava até a Igreja de São Cristóvão, árvores centenárias e paisagens que foram modificadas ao longo do tempo pelo crescimento urbano.

 A troca de livros é livre! Os moradores trazem seus livros para compartilha-los com outros leitores e a exposição de livros fica disponível a semana inteira na esquina onde a feira acontece, entre as ruas Cadete Ulisses Veiga e Fonseca Teles.

É uma mistura muito interessante, além das exposições, clube de livros e cartazes, o espaço cultural conta também com um café da manhã reforçado, doações de roupas, venda de suplementos alimentares com a presença de uma coaching nutricional.

Uma iniciativa integrada que fomenta o comércio local, remete a conscientização e o incentivo à cultura através da leitura, da música e da troca de experiências entre os antigos e novos moradores desse bairro tão querido

Jonathan Olivera

Um dia com a Cia cultura urbana RJ, documentário MAKING OFF Brincadeiras, preparação para apresentação